Home | Cidades | Culinária | Diversão e Arte | Educação | Emprego | Especiais | Esporte | Polícia | Política | Previsão do Tempo | Saúde | TV Sol

Você está aqui: Home » Polícia » Perseguição com troca de tiros começa em Indaiatuba e termina em Campinas

Fotos: Edu Fortes/AAN


Quatro homens foram presos no bairro São José, em Campinas, suspeitos de fazerem parte de uma quadrilha de roubo de cargas na região. Os acusados estavam em um carro roubado e foram perseguidos desde Indaiatuba, onde tentaram roubar um caminhão na tarde desta segunda-feira (26/09). Fortemente armados, com fuzil e uma metralhadora, eles alvejaram uma viatura da PM e chegaram a atirar contra o helicóptero Águia, que também ajudava no cerco aos bandidos. Apesar do tiroteio, a PM informou que não houve registro de feridos.

Os bandidos tentaram roubar um caminhão em frente a uma empresa de Indaiatuba, no bairro Oliveira Camargo, por volta das 15h. Durante a ação, eles foram surpreendidos por um carro da PM. Houve troca de tiros e a viatura foi alvejada. O bando conseguiu fugir por uma estrada de terra que liga Indaiatuba a Itupeva.

Avisado sobre a tentativa de roubo, o Comando de Operações da Polícia Militar (Copom) repassou as informações para diversas bases da PM e da Polícia Rodoviária. O carro dos bandidos foi localizado novamente na Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), já em Campinas. Uma viatura da Polícia Rodoviária acompanhou o veículo por alguns quilômetros, mas o perdeu de vista. Neste momento entrou em operação o helicóptero Águia da PM, que visualizou o carro dos bandidos já na Rodovia Santos Dumont (SP-075), próximo ao bairro do Itatinga.

Quando perceberam que estavam sendo perseguidos pelo helicóptero, os bandidos tentaram despistar o Águia e entraram no bairro São José. Neste momento, os bandidos, armados com um fuzil, abriram fogo contra o helicóptero, mas nenhum disparo acertou a aeronave, que conseguiu seguir no encalço aos ladrões até a Rua Joaquim de Faria, onde os suspeitos abandonaram o carro e fugiram a pé.

O helicóptero também desceu em um terreno do São José e conseguiu deter os quatro bandidos, com ajuda de outras equipes da PM. Ao todo, 70 homens dos três batalhões de polícia de Campinas participaram da operação. O major da PM, Nelson Vicente Coelho, afirmou que apesar dos tiroteios não houve registro de feridos.

Além das prisões, a polícia apreendeu uma espingarda calibre 12, uma metralhadora 9 mm e um fuzil AR15, esses últimos de uso restrito. O carro utilizado na fuga, um Honda Civic, também foi apreendido. A polícia informou que o veículo havia sido roubado no dia 2 de setembro, no Chapadão, em Campinas.

Os suspeitos foram levados para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Eles vão responder por diversos crimes, entre eles, formação de quadrilha, tentativa de roubo, disparo de arma de fogo e resistência.
A polícia ainda divulgou a identidade de dois dos acusados. Osvaldo Junio da Silva, de 25 anos, e João Marins Braga, de 36 anos, já tinham passagem pela polícia. A identidade dos outros dois envolvidos não foi divulgada, isso porque havia suspeita de eles terem apresentado identidade falsa.

Deixe seu comentário

Telefone: (19) 3329-0449
E-mail: contato@tvsolcomunidade.com.br

© 2011 TV Sol Comunidade ·


Desenvolvido por: Alquati